carteira

Próximo Presidente terá imenso desafio de criar empregos, diz especialista

Em 21/09/22 11:32. Atualizada em 21/09/22 13:44.

Cerca de 40% da mão de obra está na informalidade, de acordo com o IBGE

O próximo Presidente da República, seja ele quem for, terá um imenso desafio: Fomentar a economia à fim de criar vagas formais de trabalho. De acordo com especialistas, cerca de 40% da mão de obra brasileira é composta por empregados informais.
Além disso, outros desafios da área econômica são: conter a inflação de dois dígitos, promover uma reforma tributária e evitar a disparada do dólar frente as incertezas do cenário internacional.

O Economista da FACE, Faculdade de Administração, Ciências Contábeis e Ciências Econômicas da UFG, Edson Roberto Vieira, conversou com o jornalista Delfino Neto, sobre esses e outros dilemas da economia brasileira que certamente serão objeto de desafio do presidente que assumir o Brasil em primeiro de janeiro de 2023.

Ouça abaixo

 

Fonte: Rádio Universitária

Categorias: Acontece