desemprego

Taxas de desocupação e desalento aumentam no primeiro trimestre de 2021

Relatório do Dieese mostra piora nos índices de emprego em todo o Brasil. Economista do órgão analisa os dados para a Rádio Universitária

O relatório “Condição do Mercado de Trabalho”, do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese), mostra que a taxa de desocupação e desalento aumentou em todo o Brasil no primeiro trimestre de 2021.

O índice nacional, que era de 16% no primeiro trimestre de 2020, passou para 19,5% no mesmo período deste ano. A comparação do 1º trimestre de 2021 com o 1º de 2020, antes do início da pandemia, indica que o mercado de trabalho ainda está longe de dar sinais de recuperação.

A economista Leila Brito, supervisora técnica do Dieese em Goiás, comenta em entrevista à Rádio Universitária os dados do relatório construído a partir dos dados oficiais do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), gerados pela Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua Trimestral (PnadC).

Ouça aqui

Fuente: Rádio Universitária

Categorías: Acontece