Weby shortcut
Radio Universitária
foto do pessoal no estúdio

Dia Mundial da Liberdade de Imprensa

O 3 de maio é lembrado pela equipe de jornalismo da Rádio Universitária

Hoje, 3 de maio, é comemorado o Dia Mundial da Liberdade de Imprensa. Esta data foi estabelecida em 1993 pela Assembleia Geral das Nações Unidas por se tratar do aniversário da Declaração de Windhoek, um movimento feito por jornalistas reunidos na Namíbia, África, lutando pela proteção dos princípios fundamentais da liberdade de expressão, descritos no Artigo XIX da Declaração Universal dos Direitos Humanos.

Ao entrevistar a jornalista Silvânia Lima, coordenadora de jornalismo da Rádio Universitária sobre a importância da liberdade de imprensa, ela conta que “a imprensa possui um papel social, afinal auxilia na execução de um dos direitos do cidadão: o direito à informação. Essa missão precisa da liberdade traduzida como meio de divulgação de assuntos de interesse públicos”. Sobre a prática do jornalismo na Rádio Universitária perante essa liberdade, ela afirma que “nunca podemos dizer que estamos em uma situação ideal porque sempre tem algo que possa ser melhorado. Buscamos exercer  nosso trabalho com isenção e independência para melhor cumprir nossa função.”

É importante ressaltar que para divulgar uma informação, é preciso saber respeitar as fontes, ouvir contraditórios e contribuir para o debate de temas pungentes para a sociedade. Ao perguntar sobre a exploração de informação e quais são os limites para que possa ser divulgada, a entrevistada alega que “os limites são as chamadas informações satisfatórias que respondem questões básicas: o que está ocorrendo, quem são os afetados, motivos e implicações. Ao responder essas questões pode ser feita a divulgação”.

Com os avanços tecnológicos dos meios de comunicação, o compartilhamento de informações e a disseminação de conteúdos permitem um vasto poder de alcance. Ao mencionar a credibilidade da Rádio Universitária perante a sociedade, Silvânia Lima afirma que “a Rádio da UFG pertence ao sistema educativo, é uma rádio pública, e a grande inspiradora é a EBC (Empresa Brasileira de Comunicação). Nosso diferencial perante as rádios comerciais é possuir liberdade de ação e não sermos subjulgados a nenhum outro poder como, por exemplo, o econômico. Nos inspiramos no exercício da comunicação pública, buscando aprimorá-la cada vez mais”.

Fonte : Rádio Universitária

Categorias : Notícias

Listar Todas Voltar